Contato

Av. José Moreira Rato, 1001, Sala 103

Bairro de Fátima - Serra/ES

Whatsapp: 27-99249.8040

E-mail: contato@organikamidias.com.br

CNPJ: 24.791.787/0001-15

Funcionamento

Segunda à Sexta-Feira, das 9h às 18h.

Peça um Orçamento

Veja como essas 5 coisas resgatarão o seu negócio sem jogar tudo para o alto

Atualizado: Fev 27

Está com vontade de jogar a empresa para cima e acabar com tudo? Mantenha a calma e confira essas dicas para Recomeçar do "zero":⠀



Reveja TODOS os procedimentos da sua empresa


desde o financeiro, pós-venda e atendimento ao cliente. Liste tudo o que pode melhorar ou mudar.


Uma ótima dica para organizar os seus processos é utilizar o Trello (tem site e aplicativo). Crie quadros com as etapas de cada procedimento do seu negócio e vá cumprindo os checklists que você se dispõe a fazer. Tem que ter coragem e colocar a mão na bagunça.


Revise o seu preço


Um erro muito comum em pequenos negócios é cobrar barato demais pelos produtos ou serviços. Será que realmente esse preço cobre seus custos? Veja o que você pode fazer:


  • Coloque um valor para sua hora de trabalho: defina quanto você quer ganhar por mês, divida por 24 dias úteis e, por fim, divida por 8h de trabalho/dia. Assim você chega no seu valor por hora.

  • Levante todos os seus custos diretos que você gasta para oferecer o produto ou serviço.

  • Levante todos os custos indiretos (aqueles complicados de mensurar dentro do valor do produto): luz, aluguel, impostos, gás, etc.

  • Ainda sobre custos indiretos, você pode computá-los na sua composição de preço acrescentando um valor final entre 10% e 20% dos custos anteriores. Facilita a sua vida.

  • Estabeleça uma porcentagem para o seu lucro: um número muito praticado é 30% em média, mais isso varia de mercado para mercado.

  • Soma tudo e voalá, você tem o seu preço.

  • Para fechar com chave de ouro, faça uma pesquisa de mercado para saber se a concorrência pratica mais ou menos esse valor. Se ficar muito fora, você vai ter que rever os seus custos, ou o valor da sua hora de trabalho ou o seu lucro.


Veja para onde o dinheiro está indo


Não precisa fazer uma tabela complexa, mas liste todos os seus gastos e veja o que pode ser cortado ou reduzido.


E please, preste atenção nisso aqui: por nada nesse mundo, nunca (eu disse nunca) misture as suas contas pessoais com a da empresa e NUNCA pegue dinheiro de uma empresa para sustentar outra.


Isso é falência na certa. Se você fez isso, amigo... Procure um consultor de finanças daqueles bons, você vai precisar.


Reveja seu Posicionamento de Mercado


Está muito complicado atuar mesmo fazendo todas as coisas acima? Então reveja o seu posicionamento de mercado. Reflita sobre o seu mercado e pense fora da caixa: O que eu posso fazer para o meu cliente que ninguém mais está fazendo? Vamos lá, vai no Google e pesquisa sobre a concorrência e vai lá pessoalmente espiar. Assim mesmo, na coragem.


Está difícil de visualizar tudo mesmo com essas dicas?


Então, o que eu recomendo você fazer é ir no Google e buscar por uma coisa chamada Business Model Canvas. O Sebrae tem um modelo bem legal e, se você preencher bem direitinho, vai te ajudar com todas as coisas para dar aquela reviravolta no seu negócio.

0 visualização